Dicas para a manutenção da sua moto

Imagem: Chip Tronic

A moto é um excelente meio de transporte para quem procura praticidade, economia e agilidade no dia a dia. No entanto, é necessário que seu estado de conservação esteja em dia para o bom funcionamento e segurança do motorista e dos demais. 

Pensando nisso, separamos algumas dicas neste artigo para que você não tenha dor de cabeça e ande tanto na cidade quanto na estrada de forma segura. 

Fique com a gente e boa leitura! 

Manutenção preventiva 

Como qualquer outra máquina, sua moto precisa de cuidados para que possa funcionar perfeitamente em um imprevisto e para que você não fique na mão de uma hora para outra. 

Dessa forma, fazer a manutenção preventiva é mais barato e menos perigoso do que enfrentar os riscos que a falha de algum componente possa trazer. E o melhor é que não é necessário ser um especialista em mecânica para estar com a manutenção básica em dia. 

 

Pneus 

 

Os pneus devem ser verificados semanalmente. Comece com uma inspeção visual, procurando por alguma avaria na borracha, bolha ou objetos que possam ter se prendido a eles. É importante verificar ainda se eles estão muito murchos. 

Após uma inspeção visual, é importante que eles sejam calibrados. Verifique no manual do proprietário a pressão ideal para cada um deles. A calibragem interfere em diversos aspectos da mecânica das motos, como o consumo de combustível e a segurança. 

 

Lubrificação da corrente 

 

As correntes devem ser lubrificadas e limpas para diminuir o desgaste das engrenagens e aumentar a sua vida útil. 

Para isso, é essencial o uso do óleo indicado pelo fabricante no manual. Juntamente com a lubrificação a cada 500 km ou após enfrentar muita chuva, poeira ou terra. 

 

Cabos de freio e embreagem 

 

Os cabos são fundamentais para o bom funcionamento do motor. Eles devem passar por revisões frequentes e, se necessário, serem trocados em caso de ressecamento, desgaste, quebras, mal contato ou qualquer anormalidade que possa prejudicar o bom funcionamento da moto. 

Por isso, é importante conferir sempre a conservação dessas peças e não esperar que atinjam o máximo de sua vida útil. Afinal, elas não costumam custar caro e são extremamente importantes. 

 

Bateria 

 

As baterias das motos duram em torno de três anos e possuem uma confiabilidade grande. Mas dependendo das condições de uso, principalmente se a moto fica parada muito tempo, ela pode ter um desgaste maior. 

Portanto, tenha atenção aos sinais das suas luzes de faróis da moto. Qualquer sinal de fraqueza da energia elétrica, leve-a em uma autoelétrica para verificar se a bateria está com carga e se não há desperdício no sistema. 

Essas são as principais dicas para ter uma moto sempre em bom funcionamento. E lembre-se, de dirigir em segurança e dentro do limite de velocidade da vida. 

Gostou das dicas? Compartilhe com os amigos!

 

Fontes: Doutor Multas; Meu Porto Seguro; Chip Tronic; Racon 

 

Compartilhe

Única clínica credenciada pelo DETRAN, perto de tudo e de você!