Faróis: seus tipos e quando usá-los

FARÓIS

Você sabe os diferentes tipos de faróis e quando utilizá-los? Parece simples, mas utilizar corretamente os tipos de faróis do carro é fundamental para a sua segurança. Além de iluminar o caminho a frente, os faróis servem para que você seja visto por pedestres e outros motoristas. Vem com a gente que vamos explicar os tipos de lanternas existentes e quando utilizá-las.

Lanterna/ luzes de posição:

Sua utilização é indicada em duas situações. Primeiramente quando o veículo estiver parado na via em local seguro para embarque e desembarque de passageiros ou de carga. É recomendado seu uso também em caso de chuva durante o dia. O DRL (Daytime Running Lights ou Luzes de Condução Diurna) é um tipo de farol que equipa alguns carros do mercado brasileiro. O Denatran autorizou seu uso nas estradas em substituição ao uso do farol baixo porém, é recomendado a utilização dos dois tipos de faróis quando na estrada.

Farol baixo:17

Serve, principalmente para iluminar tudo aquilo que está a frente do veículo. Seu feixe é apontado para o chão para não prejudicar a visão dos motoristas que trafegam no sentido contrário da via. Desde 2016 é obrigatório o uso de farol baixo, inclusive durante o dia, nas rodovias segundo a lei 13.290/2016. Sua não utilização é uma infração média.

Farol alto:

Este tipo de farol ilumina um trecho maior à frente do veículo. Seu facho é mais elevado. Sua utilização é recomendada em certas situações como trafegar em vias pouco iluminadas e sem movimento ao redor. Jamais sua utilização deve ser feita quando estiver atrás de outro veículo ou ao cruzar um veículo na direção oposta.

Outra forma de utilizá-lo é para alertar outros motoristas sobre algum perigo na estrada, piscando e alternando entre farol baixo e farol alto.

Faróis de neblina:

Por serem posicionados na parte inferior do veículo, servem para iluminar a via à frente quando em condições de pouca visibilidade. Juntamente com o farol baixo, os faróis de neblina por se localizarem mais próximo ao chão conseguem iluminar abaixo da neblina, que é formada 30cm acima do chão, auxiliando assim, a visualizar as marcações na estrada.

Faróis de milha:

Finalmente, os faróis de milha têm um facho de luz mais estreito e potente. Sua utilização é recomendada em vias com pouca luminosidade e sem tráfego de carros no sentido contrário. Sua instalação é mais alta feita acima da linha do para-choque.

Conhecia todos esses tipos de faróis e suas utilizações? Continue acompanhando nosso blog para mais dicas e informações!

Compartilhe

Única clínica credenciada pelo DETRAN, perto de tudo e de você!