Mitos e verdades sobre as motocicletas

Hoje é comemorado o dia da motocicleta e, se você é apaixonado pela sua, continue com a gente para saber alguns mitos e verdades sobre essas belezinhas de duas rodas! 

Cuidar da moto significa trocar o óleo a cada 1000 km rodados? 

Manter o lubrificante da moto em dia é de extrema importância! Nos motores da moto, o óleo também atua como refrigerador. No entanto, o ideal é trocar sempre de acordo com o indicado no manual. 

Usando a moto regularmente, o ideal é que se troque o óleo da moto a cada 3.000 km. Usando moderadamente, apenas na cidade, dá pra estender a troca até uns 6.000 km. 

Frear em emergências usando só o freio traseiro é mais seguro? 

O ideal é sempre usar o freio dianteiro! Frear apenas com o freio traseiro pode significar um grande tombo. 

Na reta, use os dois freios, na proporção de mais ou menos 70% na frente e 30% atrás. Já na curva, o melhor é frear e depois aliviar na frenagem. 

Lavar a moto com o motor quente trinca o bloco metálico? 

Teoricamente, isso até poderia acontecer. No entanto, com um choque térmico bastante agressivo, ou seja, mergulhar um motor extremamente quente em uma piscina de água gelada. 

Porém, não custa se prevenir, esperar a temperatura do motor baixar e molhar o bloco de metal gradativamente. 

Capacetes têm data de validade? 

Seu capacete não tem data de validade. Porém, uma queda com impacto pode comprometer a estrutura do equipamento. Se houver deformação clara na superfície, troque o capacete! 

 

Então, quais desses mitos você já ouviu sobre motocicletas? Deixe seu comentário e compartilhe com os amigos motociclistas! 

Compartilhe

Única clínica credenciada pelo DETRAN, perto de tudo e de você!