Multas de pedestres e ciclistas: conheça!

multas pedestres e ciclistas

Desde 1997 o Código de Trânsito Brasileiro prevê multas para pedestres e ciclistas. O CONTRAN, por sua vez, não autoriza até o momento, o vigor da lei devido à falta de regulamentação das mesmas. Embora não estejam em vigor, traremos neste texto as multas previstas a caráter de informação.

Em abril de 2018 foi adiado para março de 2019 a aplicação da lei pelo Conselho Nacional de Trânsito. Entretanto, em março de 2019, em uma publicação do Diário Oficial da União, o CONTRAN revogou a decisão. Segundo o órgão, “o assunto exige discussões que envolvem engenharia, educação e fiscalização de trânsito.” Analogamente, o órgão entende que é necessário a promoção de uma efetiva campanha educativa para todos os envolvidos no trânsito. O respeito aos mais vulneráveis é necessário, além da consciência dos mesmos em tomar atitudes preventivas de acidentes.

Multas para pedestres e…

Caso entre em vigor, a lei pune os pedestres com multa de R$ 44,19 se forem flagrados nas seguintes condições:

  • ficar no meio da rua;
  • atravessar fora da faixa;
  • utilizar vias sem autorização para eventos, práticas esportivas, desfiles ou outras atividades que prejudiquem o trânsito.

… para os ciclistas:

Ao passo que, os ciclistas poderão ser cobrados, caso a lei entre em vigor, em R$ 130,16 caso:

  • estejam guiando de “forma agressiva”;
  • pedalem sem as mãos;
  • andarem na contramão em pistas para carros – quando não houver ciclovia, ciclofaixa ou acostamento, o ciclista deve andar na lateral da pista, no mesmo sentido de circulação dos carros;
  • estejam andando na calçada quando não há sinalização permitindo;
  • estiverem transportando peso incompatível;
  • circularem em vias de trânsito rápido sem cruzamentos.

Enquanto não houver a devida atenção do Poder Público em implementar, por exemplo, a Educação para o Trânsito nas escolas, uma determinação prevista no CTB, órgãos como o Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV) ainda ratificarão a inviabilidade das punições.

Outro ponto é que impede a aplicação de multas refere-se ao registro das infrações. Atualmente as placas dos veículos que são computadas em sistema. Não há um sistema que adote o registro das infrações com os números de CPF ou RG, que seriam utilizados nos casos de infrações de ciclistas e pedestres.

Caso reste dúvidas sobre as infrações de trânsito, fizemos postagens explicando um pouco mais sobre as infrações leves, médias, graves, ou gravíssimas. Confira!

Compartilhe

Única clínica credenciada pelo DETRAN, perto de tudo e de você!