Multas de trânsito mais comuns e suas penalidades

Multas e penalidades

Multas duras – e fiscalização eficiente – são importantes para ajudar a manter os motoristas na linha e salvar vidas. No ano passado, 1,35 milhão de pessoas perderam a vida no trânsito no mundo todo, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). E o Brasil é o quinto país com maior número de óbitos em acidentes do tipo. Separamos aqui as multas mais comuns e quais são as penalidades aplicadas em cada caso. Veja:

1. Usar o celular enquanto dirige

É a coisa mais fácil do mundo ver gente dirigindo e usando o celular ao mesmo tempo, seja falando ou até teclando mensagens. A verdade é que pouquíssimas pessoas usam os acessórios handsfree e só abaixam o aparelho quando passam por algum guarda municipal. Usar o celular enquanto dirige pode lhe render uma multa de R$ 130,16 e 4 pontos na sua CNH.

2. Excesso de velocidade

Até 20% acima do permitido a infração é considerada média, acima de 20% a infração passa a ser considerada grave e acima de 50% a infração é gravíssima. De acordo com o Detran, 35% de todas as multas aplicadas no país são por excesso de velocidade, principalmente transitar em velocidade superior à máxima permitida em até 20%. Só em São Paulo foram aplicadas 295 mil multas deste tipo em 2014. Se a infração for média, você poderá perder 4 pontos na CNH e receberá uma multa de R$ 130,16. Se for grave, são R$ 195,23 de multa e 5 pontos na CHN. Caso seja uma infração gravíssima, a multa é de R$880,41 pois tem o seu valor multiplicado por 3 e é uma infração que suspende automaticamente a CNH.

3. Estacionar em lugar proibido

Dependendo do lugar que você parar só aqueles “5 minutinhos” clássicos a infração pode ser média ou grave. Parar sobre a faixa de pedestres, por exemplo, é considerada multa grave.

4.  Trafegar pela faixa exclusiva de ônibus

Tem sempre uns espertinhos que furam o engarrafamento pela faixa exclusiva dos ônibus. A infração é leve, mas também gera prejuízo ao bolso de R$88,38 e 3 pontos na carteira.

5. Furar o sinal vermelho

Aquela ideia de “vai dar tempo, vai dar tempo”, quando não dá e o sinal vermelho acaba sendo ultrapassado é infração grave. Em algumas áreas de risco ela pode até ser permitida em determinados horários, mas é necessário entrar com recurso. É uma multa de R$195,23 e 5 pontos na CNH.

6. Não dar preferência ao pedestre

Quando você está a pé quer prioridade, mas atrás do volante acha que a rua é sua? Então fique sabendo que não dar preferência ao pedestre não só está previsto no CTB como é considerado infração grave.

 7. Não usar cinto de segurança

Não adianta argumentar que incomoda, que está calor ou que vai sujar a roupa, andar sem cinto de segurança é infração grave e pode dar um prejuízo grande à carteira, já que a multa é multiplicada pelo número de pessoas que estiverem no carro sem o cinto.

8. Ultrapassar pela contramão em linha dupla ou simples contínua

Nas estradas elas são campeãs de multa e é bem fácil ver motoristas ultrapassando pela contramão mesmo em lugares onde a linha dupla contínua avisa que não há visibilidade – sim, é para isso que elas servem. Mas sempre tem motorista que acha que consegue e ponto final. Se conseguir não causar acidente, mas for multado vai ter que desembolsar R$ 293,47 e ainda levar 7 pontos na carteira, a infração é gravíssima.

9. Trafegar pelo acostamento

É aquela história de quem está com mais pressa do que os outros e quer driblar o engarrafamento. Trafegar pelo acostamento é infração gravíssima, gerando multa de R$ 1467,35 na primeira vez e valor dobrado em caso de reincidência. Esse tipo de multa corresponde a cerca de 10% de todas as multas aplicadas no país.

10. Licenciamento vencido

Além da multa de R$ 293,47 e 7 pontos na carteira pela infração gravíssima, quem for pego com o licenciamento do veículo vencido também tem o carro apreendido – é uma dor de cabeça imensa, melhor andar de acordo com o CTB e evitar prejuízos desnecessários.

Agora que você já conhece as principais multas aí vai um conselho: Todo cuidado é pouco. Sua segurança é bem mais importante.

Compartilhe

Única clínica credenciada pelo DETRAN, perto de tudo e de você!