POR QUE PAGAR PEDÁGIO?

Muitas pessoas se perguntam sobre se deveriam ou não pagar pedágio, afinal já existe uma carga tributária alta com IPVA, seguro, imposto dos combustíveis, imposto na hora de adquirir o veículo, entre outros. Mas diferente do que se pensa, o imposto cobrado não precisa ser necessariamente utilizado para a prestação se serviços relacionados àquele imposto. Ou seja, não é porque você pagou o IPVA que o Estado deve investir na melhoria de estradas, por exemplo. Esse valor pode ser utilizado em outras áreas como saúde, segurança pública, educação, entre outras.

O pedágio dá ao condutor o direito de passagem que é pago através de uma tarifa que permite o veículo deslocar de uma região para outra. Além disso, ele controla a quantidade de veículos e faz as manutenções necessárias nas vias.

A manutenção das estradas não é considerada um serviço fundamental, e por esse motivo a gestão é feita pela iniciativa privada através de licitação. A concessionária que ganhar a licitação tem a obrigação de manter boas condições de tráfego, cuidar das vias, oferecer serviços de primeiros socorros, guinchos e telefones de emergência.

É por esse motivo que o pedágio é cobrado: para financiar tais serviços básicos e fazer a manutenção das estradas. E lembre-se que de acordo com o Código Brasileiro de Trânsito, passar pelo pedágio sem pagar é infração grave, com multa de R$195,23 e cinco pontos na carteira.

Compartilhe

Única clínica credenciada pelo DETRAN, perto de tudo e de você!