Sinal vermelho: pode ou não avançar de madrugada?

Créditos: selfmultas.com.br

Sinal vermelho é um dos principais símbolos para a organização do trânsito, sendo seu avanço considerada uma infração gravíssima.

Mas dúvidas continuam existindo sobre esse instrumento, sobre seu avanço em momentos específicos, como de madrugada.

E, então, fica o questionamento: sinal vermelho pode ser avançado de madrugada? Continue acompanhando este conteúdo e descubra!

Primeiramente, de onde vem o sinal vermelho?

Você sabe desde quando o semáforo é utilizado no mundo para auxiliar no tráfego de pessoas e automóveis?

Em resumo, tudo começou na Inglaterra do século XIX, quando já eram utilizadas lanternas verdes e vermelhas para organizar o fluxo de carruagens.

Já os instrumentos de fiscalização com sistema automático, como conhecemos hoje, surgiram apenas no século seguinte.

Finalmente, no Brasil, o primeiro estado a receber um semáforo foi São Paulo, em 1935, quando o fluxo de veículos aumentava, assim como os acidentes.

Por que avançamos o sinal vermelho?

Muitas vezes, o condutor toma essa atitude não por displicência, mas por algum risco, tentando, principalmente, se proteger.

Por exemplo, você, provavelmente, já soube de casos de assaltos a veículos parados no sinal vermelho de madrugada, não é mesmo?

Ou seja, a decisão pode ser tomada por conta de situações como esta, ou pelo fato de a pessoa já saber que aquele local representa algum risco.

Porém, ainda que seja com a ideia de se proteger, caso seja flagrado por um agente de trânsito ou radar, o condutor pode ser penalizado.

Afinal, posso avançar o sinal vermelho ou não?

É preciso destacar que existe uma flexibilização da lei, quando são envolvidas questões de segurança.

Se você for paciente, calmo e tiver cuidado ao cruzar o sinal, ele não está pondo em risco a sua segurança e a dos outros veículos ou passageiros.

Dessa forma, pela ótica da lei, você não pode se colocar em uma situação de risco; mas em muitos locais, esperar o sinal vermelho é o que pode ser um risco.

Dito isso, muitas multas por avançar sinal vermelho na madrugada estão sendo anuladas, pois recorrer desta ou qualquer multa é direito previsto na Constituição.

Dicas para o uso do semáforo

Agora que já conversamos sobre o tão polêmico avanço ao sinal vermelho, que tal algumas dicas?

  • O sinal amarelo não significa “acelere para não pegar o sinal vermelho”. Tenha calma e espere o próximo sinal verde.
  • Quando o sinal verde surgir, não saia em disparada. Verifique se nenhum outro veículo está avançando o sinal vermelho.
  • Se outro cruzamento estiver à frente, reduza a velocidade mesmo que o verde esteja aceso e nunca pare no cruzamento, sob nenhuma condição.

Para qualquer situação, inclusive nas exceções ao avançar o sinal vermelho, preze sempre pela sua segurança e das outras pessoas.

Compartilhe

Única clínica credenciada pelo DETRAN, perto de tudo e de você!